Pular para o conteúdo principal








 

Homem que matou membro do PT já foi preso por ofender policiais militares no RJ.

O agente penitenciário federal Jorge José da Rocha Guaranho, investigado pelo assassinato do guarda municipal e membro do Partido dos Trabalhadores (PT) Marcelo Aloizio de Arruda, na noite de sábado (9), já foi detido em 2018 depois de ofender policiais militares do Rio de Janeiro. Na ocasião, ele estaria embriagado e teria se apresentado como policial federal.

CNN obteve informações sobre o processo, que tramitou sob segredo de justiça no Estado do Paraná. As últimas movimentações mostram que o caso já foi arquivado. Uma das pessoas que participaram da ocorrência na época contou que na ocasião “Jorge estava tão alcoolizado que mal parava em pé”.

Comentários

Aperte o play para ouvir