BTemplates.com

Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque




Aperte o play para ouvir

Piso: SINTE reúne-se com secr. de Educação, do Planejamento e da Adm. na segunda (31)


Dirigentes do SINTE/RN vão se reunir na segunda-feira (31) com os secretários de Educação, do Planejamento e com a Secretária de Administração. O diálogo com os gestores das pastas terá unicamente como pauta o Piso Salarial 2022 da Rede Estadual.

O encontro foi marcado pelo Governo nesta quinta (27) após o cancelamento da audiência que aconteceria entre o Sindicato e a Secretaria Estadual de Educação (SEEC) para discutir outras demandas além do Piso deste ano.

Na audiência de 31 de janeiro, o SINTE espera que o Executivo Estadual se pronuncie acerca de como pretende efetuar a correção salarial. De antemão a entidade reafirma que espera que o Governo cumpra a Lei 11.738/2008, implementando o índice de 33,23%, apresentado em dezembro passado: “Esperamos ter proposta com base no percentual de 33,23%, nada abaixo disso”, afirma a coordenadora geral do SINTE/RN, professora Fátima Cardoso.


A luta pelo Piso Salarial 2022 da Rede Estadual começou ainda em dezembro passado. À época, por meio de ofício enviado à Secretaria Estadual de Educação (SEEC), o SINTE/RN pediu audiência para tratar do tema. Sem resposta, dirigentes da entidade foram até o prédio da pasta em 10 de janeiro.

A pressão resultou na audiência de 18 de janeiro. Nesse encontro, o secretário Getúlio Marques não foi claro sobre o índice, a forma e o prazo para implementar o Piso. Isso porque, segundo ele, o Estado estava aguardando a situação nacional ser resolvida, o que aparentemente aconteceu na quarta (26) após, a contragosto, o Governo Federal confirmar os 33,23% anunciados mês passado.

Insatisfeitos com o resultado do diálogo com a SEEC, os dirigentes do Sindicato foram até o Gabinete Civil no dia 19/01 em busca de audiência. Conseguiram agendar uma conversa com a Secretaria de Administração para 24 de janeiro. Esse encontro rendeu o agendamento de outra audiência, marcada para 02 de fevereiro, com a promessa da apresentação do impacto financeiro da correção.

APÓS PRESSÃO, GOVERNO FEDERAL CONFIRMA ÍNDICE

Nessa quarta-feira (26), após muita pressão, o Governo Federal confirmou que o índice para o Piso Salarial deste ano é de 33,23%. Apresentado em portaria interministerial do Ministério da Educação (MEC) em dezembro de 2021, o índice quase foi zerado.

O imbróglio começou quando a gestão Bolsonaro sinalizou no início de janeiro que poderia editar uma Medida Provisória (MP) que extinguia o Piso. Os rumores da existência dessa MP geraram indignação nos professores de todo o Brasil, que há mais de 10 anos têm direito à correção salarial garantida por Lei.

Comentários