Pular para o conteúdo principal








 

Após 28 anos de existência, nota de 100 compra hoje o mesmo que R$13,91 em 1994


Lá se vai o poder de compra - Desde a criação do real, em julho de 1994, a nota de R$ 100 perdeu 86,09% de seu poder de compra. Isso quer dizer que, descontada a inflação, a nota de R$ 100 compra, hoje, o mesmo que seria possível comprar, há 28 anos, com apenas R$ 13,91.

Com a inflação acumulada entre julho de 1994 e junho deste ano em 653,06%, para ter o mesmo poder de compra da nota de R$ 100 em julho de 1994, o consumidor teria de gastar hoje R$ 748,04.

De acordo com o IBGE, entre 1980 e 1994, quando os brasileiros conviveram com a hiperinflação, o índice acumulado foi de 13.342.346.717.671,70%. Você que não viveu a época consegue imaginar uma inflação deste tamanho?

Para ver quanto a nota de R$ 100 perdeu seu poder de compra em 28 anos.

Via G1.

Comentários

Aperte o play para ouvir