Pular para o conteúdo principal

PI 072813 (02)

PI 072813 (02)

Torreão FM web

PI 072813 (01)

PI 072813 (01)

ALRN PI 011818 28 03 24

ALRN PI  011818   28 03 24

LAPAC JOÃO CÂMARA - 3262-3478 - 99401-7616


“Humilhado”: deputado que levou tapa no rosto chora na tribuna.


O deputado federal Messias Donato (Republicanos-ES) chorou na noite desta quarta-feira (20/12) ao relatar, na tribuna do plenário da Câmara dos Deputados, o tapa que levou no rosto do deputado Washington Quaquá (PT-RJ) durante o evento de promulgação da Reforma Tributária, no período da tarde.

“Eu me senti muito humilhado”, contou Messias Donato. Ele levou um tapa no rosto durante uma confusão em que parlamentares da oposição gritavam “Lula, ladrão, seu lugar é na prisão!”. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participou da promulgação.

Donato tentou tirar o celular da mão de Quaquá, que deu um tapa no rosto dele. Washington Quaquá é vice-presidente nacional do PT.

Abalado psicologicamente

Enquanto Donato denunciava a situação nesta noite, ele não conseguia segurar as lágrimas e chegou a soluçar. Em resposta, os parlamentares presentes gritaram pela cassação de Quaquá.

“Eu confesso que eu tenho medo, além das agressões físicas que foi um tapa no meu rosto, além das agressões psicológicas. Estou muito abalado psicologicamente. Agora voltando para casa, eu não sei. Ele disse que fez e fará de novo”, disse ainda Messias Donato, entre lágrimas e soluços.

Além da agressão em si, o que deixou Donato ainda mais abalado foi o fato de Quaquá dizer que “faria de novo”.

O deputado pelo Espírito Santo disse que vai tomar as medidas judiciais necessárias. Ele ainda relatou que havia feito um procedimento no dentista na segunda, sugerindo que o tapa pode ter prejudicado sua saúde.

Metrópoles

Comentários