quinta-feira, 18 de novembro de 2021

“Não posso assegurar que Enem não vai ter pergunta de cunho ideológico, nem de um lado e nem do outro”, diz ministro da Educação

Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO – 26/02/2021

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou nesta quarta-feira, 17, que não teve acesso às questões do Enem 2021 e disse não poder garantir que a prova não terá perguntas de cunho ideológico. “Algumas questões que podem aparecer nesta prova eu desconheço. Eu não posso assegurar que a prova não vai ter nenhuma pergunta de cunho ideológico, nem de um lado e nem do outro, porque eu não tenho acesso e nem interfiro nas questões”, declarou em entrevista ao programa “Os Pingos Nos Is”, da Jovem Pan News.

Após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dizer que o Enem teria “a cara do governo”, Ribeiro também negou que o chefe do Executivo tenha tido acesso antecipado ao exame. “O Enem desse ano, pelo menos na parte administrativa e técnica, vai ter a cara do nosso governo, de integridade, de honestidade”, justificou.

Ribeiro também foi questionado sobre o pedido de demissão de 37 servidores do Inep. O ministro atribuiu a debandada a uma discussão sobre gratificação de servidores públicos federais. “A grande discussão foi sobre uma terceira forma de recebimento, que é a gratificação por cursos e concursos. Nossos diretores estabeleceram algumas regras para que esses servidores pudessem ter acesso a essa gratificação. Eu quero crer que essa foi a grande razão para essa quase insurreição de alguns servidores”, afirmou.

Jovem Pan

Nenhum comentário:

Postagem mais vistas

Poastagem Destaque

Ao vivo com Jasão pautou: Atraso no pagamento dos contratados, problemas da comunidade de Queimadas, SINTE/RN na ruas de Bento Fernandes

EM PAUTA O ATRAZO NO PAGAMENTO DOS CONTRATADOS NO MUNICÍPIO DE JOÃO CÂMARA ATRAVES DAS EMPRESAS TERCEIRIZADAS. ( COM SERVIDOR PUBLICO LEONAR...