Pular para o conteúdo principal








 

PT suspende filiação de vereador que passou o carro por cima de uma mulher

 

A Direção Executiva do Partido dos Trabalhadores (PT) decidiu, em reunião nesta terça-feira (30), pela suspensão imediata da filiação do vereador de Fortaleza Ronivaldo Maia. Ele foi preso por suspeita de tentativa de feminicídio, na segunda-feira (29), após atropelar uma mulher de 36 anos com quem tinha um caso extraconjugal, segundo as investigações da polícia.

“Com base no estatuto partidário, comunicamos nossa deliberação pela suspensão imediata da filiação do vereador ao PT Fortaleza e a constituição de uma comissão paritária no âmbito do partido, com representação igualitária de homens e mulheres, para apuração disciplinar dos fatos”, escreveu o partido em nota.

Após audiência de custódia, o advogado do vereador, o criminalista Hélio Leitão, afirmou que ele continuará detido, mas que a defesa pedirá a revogação da prisão preventiva.

Conforme testemunhas, o vereador discutia com a mulher no interior de um veículo; ela desceu e puxou o limpador de para-brisa do carro, quando Ronivaldo deu uma arrancada e a atropelou. Ela foi hospitalizada após ser socorrida por familiares.

Comentários

Aperte o play para ouvir