rede social

domingo, 17 de outubro de 2021

TCE vê indícios de enriquecimento ilícito nas contas do Governo Fátima

 

Em análise no Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE/RN), o Relatório Anual das Contas do Governo do Estado aponta que em 2019, no seu primeiro ano de gestão, o governo Fátima Bezerra, cancelou despesas empenhadas (Restos a Pagar Processados) no valor de R$ 13,8 milhões, levantando nos auditores do Tribunal a suspeita de enriquecimento ilícito do Estado.

Outro apontamento é que a gestora listou gastos com pessoal, sem prévia dotação orçamentária, com o Estado extrapolando o limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O Governo nega a possibilidade de enriquecimento ilícito e argumenta que essas inconsistências se justificam pela reforma administrativa e omissões nas contas da gestão anterior, incluindo as folhas em atraso, alegando ainda que o gasto com pessoal observou a projeção de crescimento da receita.

Essas justificativas, junto ao relatório, estão sendo analisadas pelo Ministério Público de Contas e embasarão o voto do conselheiro do TCE, Carlos Thompson Fernandes, relator do processo que julga as contas do primeiro ano de Fátima Bezerra à frente do Governo Estadual. Nem o conselheiro, nem os auditores da comissão falaram sobre o assunto, uma vez que as finanças ainda não foram julgadas e nem há uma data definida para esta e nem para aquelas do último ano do ex-governador Robinson Faria, que teve contas de sua gestão reprovadas pelo TCE, que indicou a até a existência de crime de responsabilidade. O ex-governador, no entanto, conseguiu reverter a situação na Assembleia Legislativa.

Leia a notícia completa aqui na Tribuna do Norte.

Nenhum comentário:

Postagem mais vistas

Poastagem Destaque

Ao vivo com Jasão pautou: Atraso no pagamento dos contratados, problemas da comunidade de Queimadas, SINTE/RN na ruas de Bento Fernandes

EM PAUTA O ATRAZO NO PAGAMENTO DOS CONTRATADOS NO MUNICÍPIO DE JOÃO CÂMARA ATRAVES DAS EMPRESAS TERCEIRIZADAS. ( COM SERVIDOR PUBLICO LEONAR...