Pular para o conteúdo principal

ALRN PI 011818 28 03 24

ALRN PI  011818   28 03 24

Radio Conexão Mato Grande Play

GOVERNO DO RN

GOVERNO DO RN

LAPAC JOÃO CÂMARA - 3262-3478 - 99401-7616




Black Friday fracassa em 2023 e é a segunda pior da história no Brasil


Dados mais atualizados publicados neste sábado (25) sobre o desempenho da Black Friday 2023, a data mais importante para o varejo on-line nacional, confirmam o desempenho ruim em vendas neste ano. As projeções mais otimistas de associações e empresas de pesquisa, e não alcançadas, estimavam alta de 4% a 17%.

No período de quinta-feira (23), às 00h, até esta sexta-feira (24), às 23h59, o comércio eletrônico registrou cerca de R$ 3,4 bilhões em vendas, recuo de 15,1% sobre 2022, ano em que a receita já havia caído dois dígitos.

As informações são da plataforma Hora a Hora, da Confi.Neotrust, empresa de inteligência de dados, em parceria com a ClearSale.

Não é a maior retração de faturamento do evento, que ocorre no Brasil há 13 anos — em 2022 a queda variou de 23% a 34% no on-line, a depender da pesquisa — mas trata-se se uma diminuição em 2023 em cima já de uma queda, reduzindo mais o tamanho do bolo total de vendas do segmento. É o segundo pior resultado desde o início do evento promocional, em 2010.

Os números não consideram as vendas em lojas físicas, que há alguns anos também foram incluídas nas ações das empresas. Varejistas destacavam aumento de conversões de fluxo de consumidores em vendas ontem (24), em lojas de eletrônicos e moda.

Renda da população ainda comprometida com dívidas e descontos abaixo do esperado pelos consumidores — reflexo de um estoque mais ajustado nas lojas ao longo do ano — podem ter afetado o desempenho.

O gasto médio por compra na data atingiu R$ 675,36, com uma estabilidade sobre 2022 ( 0,1% menor do que em 2022).

Com informações de Valor, O Globo

Comentários