Pular para o conteúdo principal

Radio Conexão Mato Grande Play

LAPAC JOÃO CÂMARA - 3262-3478 - 99401-7616


Parazinho: MP vai apurar possível assédio moral no Áudio da secretária de educação contra contratada

blog do Jasão

O Partido dos trabalhadores de Parazinho protocolou uma denuncia no ministério publico, solicitando apuração de suposto assédio moral cometido pela secretária de educação do município em desfavor dos servidores contratados pelo município, na denuncia foi anexado um áudio da secretária esposa do prefeito questionando uma servidora após uma foto postada nas redes sociais com o pré-candidato a prefeito Claudão, aliado do sistema do atual prefeito Carlinhos de Veri.

Confira a denuncia:👇

DENÚNCIA DE SUPOSTO CONSTARGIMENTO A FUNCIONÁRIO TERCERIZADO EM PARAZINHO

To: PARTIDO DOS TRABALAHDORES DE PARAZINHO

Notícia de Fato 02.23.2013.0000128/2023-16

DIREITO ADMINISTRATIVO E OUTRAS MATÉRIAS DE DIREITO PÚBLICO (9985)

Autuado em: 27/11/2023 | Instaurado em : 27/11/2023

Objeto: Apurar denúncia recebida por e-mail do Partido dos Trabalhadores do Município de Parazinho/RN de suposta prática de assédio moral a empregados terceirizados que prestam serviço a Prefeitura.

Hoje foi me informado que a Secretária de Educação de Parazinho, estar condicionando a renovação dos contratos dos terceirizados no próximo ano, a matricular seus filhos na rede municipal. Pois têm uma escola da rede Estadual de ensino fundamental no município. Solicito que o Ministério Público faça a apuração para checar se esse fato ocorreu, e se houve o fato tomas a medidas cabíveis caso se configure ilícito.

Venho através deste solicitar que o Ministério Público averigue um suposto constrangimento sofrido por uma funcionária terceirizada da prefeitura de Parazinho RN.

No áudio no anexo seria da Secretária de Educação de Parazinho, que é esposa do atual prefeito da cidade. A funcionária vítima, recebeu uma visita de um possível candidato a prefeito, desta forma desagradando a esposa do prefeito, na qual ela liga para tomar satisfação.

A fonte que me passou os arquivo, pediu sigilo devido ter vínculo empregatício em uma das terceirizada que presta serviço para prefeitura.

Desde já agradeço atenção, e fico com esperança que essa denúncia seja apurada.






Comentários